Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama mantém Dean à frente de comitê

O senador americano Barack Obama, candidato à Presidência dos Estados Unidos, anunciou nesta quinta-feira que vai manter o presidente do Partido Democrata Howard Dean na liderança do Comitê Democrata Nacional (DNC, na sigla em inglês). Obama também prometeu trazer novos estrategistas para supervisionar as operações do partido. Além disso, o comitê de campanha informou que não vai aceitar doações de lobistas e de comitês de ações políticas (grupos privados que doam dinheiro para campanhas).

“O senador Obama aprecia o trabalho duro que o presidente do partido tem feito nas bases”, afirmou porta-voz do senador, Bill Burton. Para alavancar a campanha, o partido informou que espera que a equipe democrata comece em breve a corrida para a eleição presidencial. O assessor da campanha Paul Tewes ficou encarregado de liderar as mudanças.

Com a escolha de Dean, Obama entra na disputa entre a base do partido em Washington e as lideranças nos estados. Uma das razões para a escolha de Dean, segundo o porta-voz de Obama, é que ele ajudou o partido a crescer financeiramente em estados de domínio republicano. Para o candidato democrata, arrecadar dinheiro com o trabalho do próprio partido é uma forma de mantê-lo livre de pressões em um futuro governo.

Howard Dean ganhou as atenções do mundo entre o fim de 2003 e o início de 2004, quando foi, por cerca de três meses, o pré-candidato favorito a concorrer pelo Partido Democrata às eleições presidenciais de 2004. A ascensão do médico e ex-govenador de Vermont, no entanto, só não foi mais rápida que a sua queda. Em fevereiro de 2004 ,ele desistiu da disputa, abrindo caminho para os rivais John Edwards e John Kerry – este último escolhido pelos democratas e derrotado nas eleições por George W. Bush.