Obama manda Trump ‘parar de choramingar’ e ir atrás de votos

O presidente dos Estados Unidos criticou Trump por suas alegações de fraude acerca do processo eleitoral americano

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, voltou a ironizar Donald Trump, na terça-feira, por insistir que as eleições americanas são manipuladas contra ele. “Por favor, pare de choramingar antes mesmo de o jogo terminar”, disse Obama, durante coletiva de imprensa na Casa Branca.

“Sempre que algo dá errado e você perde, começa a culpar os outros. Então você não tem o que precisa para estar nesse emprego”, criticou o democrata, com um sorriso irônico. Obama também insistiu que especialistas de diferentes ideologias concordam que é impossível fraudar as eleições nos Estados Unidos. Segundo ele, as críticas de Trump ao sistema eleitoral são “irresponsáveis” e não mostram a “liderança e a dureza” necessária para um presidente.

Caindo cada vez mais nas pesquisas, Trump tem reafirmado o argumento de que há uma fraude eleitoral lhe prejudicando em quase todos os seus eventos de campanha. Na noite de ontem, Trump voltou a tocar assunto em um comício no Estado do Colorado. “Fraude nos votos é comum demais”, disse Trump. “Mas se você fala nisso, dizem coisas ruins sobre você”, insistiu.

No passado, Obama já havia dito que Trump não tinha capacidade para governar o país e voltou a atacar o candidato sem medir palavras. “Eu nunca vi na minha vida, ou na história política moderna, qualquer candidato à Presidência tentando descreditar as eleições e o processo eleitoral antes de mesmo de a votação acontecer”, afirmou o presidente. “Eu aconselho o senhor Trump a parar de choramingar e ir tentar defender seus pontos para conseguir votos”, comentou.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    Não se consegue comentar.

    Curtir

  2. Acessem “project veritas” no youtube e vejam como as eleições estão sendo manipuladas pela esquerda nos eua. Qualquer semelhança com um pais da América do Sul é mera coincidência.

    Curtir