Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama fala sobre cerveja, dinheiro e guerra em bate-papo

Presidente precisa reconquistar o voto dos jovens para conseguir se reeleger

O presidente americano, Barack Obama, testou sua habilidade de digitação na noite de quarta-feira em um bate-papo online com jovens, falando sobre temas como a receita de cerveja da Casa Branca, dinheiro nas campanhas políticas e a guerra no Afeganistão. O voto jovem foi essencial para a vitória de Obama nas eleições de 2008 e, neste ano, ele precisará reconquistar um público que não está tão animado para reelegê-lo, devido aos maus índices da economia e à alta taxa de desemprego no país.

Leia também:

Leia também: Barack Obama ataca republicanos: ‘Jogam duro e sujo’

Obama tem cortejado estudantes em uma excursão de dois dias por faculdades nos estados decisivos de Iowa, Colorado e Virginia, e sua campanha está impaciente para tê-lo em sites como o “reddit”, onde ele fez a sessão de bate-papo. Uma foto do presidente sentado com um laptop e digitando durante uma parada na Virginia foi publicada no site como prova de que era realmente Obama, e não um assessor, que estava respondendo às perguntas das pessoas.

PACs – Durante o bate-papo, Obama disse que o país pode precisar considerar uma alteração da Constituição para derrubar a decisão da Suprema Corte no caso “Citizens United”, de 2010, que permitiu o gasto de quantidades ilimitadas de dinheiro em campanhas políticas.

“No longo prazo, eu acho que nós precisamos considerar seriamente a ideia de uma emenda constitucional para derrubar o Citizens United”, escreveu ele. “Mesmo que o processo de alteração não dê certo, ele pode chamar a atenção para o fenômeno e ajudar a pressionar por uma mudança.”

Cerveja – Questionado sobre uma cerveja fabricada pela Casa Branca que ganhou atenção nas últimas semanas, Obama prometeu que a receita será liberada. “Será divulgada logo!”, escreveu. “Posso dizer, por experiência própria, que é saborosa.”

Ele também contou o que pretende fazer no fim da eleição de 6 de novembro, tendo o cuidado de destacar, mais uma vez, que o voto jovem que ele espera irá ajudá-lo a derrotar o candidato republicano, Mitt Romney. “Ganhando ou perdendo, vou agradecer a todos que estão trabalhando tão duro, especialmente todos os voluntários em escritórios de campo em todo o país, e aos jovens incríveis em nossos escritórios de campanha”, disse.

(Com agência Reuters)