Número de mortes causadas pelo furacão Matthew passa de 840

Essa é a tempestade mais forte a castigar o Caribe em quase uma década

O número de mortes provocadas pelo furacão Matthew no Haiti subiu para 842 nesta sexta-feira, à medida que informações foram recebidas de áreas remotas que estavam com as comunicações cortadas, segundo a agência de notícias Reuters. A agência de defesa civil do país, que demora para coletar números, informa também que cerca de 61.500 pessoas continuam em abrigos.

Ao menos três cidades relataram dezenas de mortos, incluindo a comunidade de Chantal, cujo vice-prefeito disse que noventa pessoas morreram, sem dar mais detalhes. Ao menos 89 outras pessoas estão desaparecidas, muitas delas na região de Grand’Anse, no sul do Haiti.

LEIA TAMBÉM:
EUA: Furacão provoca fechamento da Disney e cancelamento de voos
Furacão Matthew obriga evacuação de 2 milhões de pessoas nos EUA

Matthew é a tempestade mais forte a castigar o Caribe em quase uma década. O furacão de categoria 4 (5 é a categoria máxima) avança rumo ao sudeste dos Estados Unidos, com ventos de 220 quilômetros por hora.

Mais de 2 milhões de pessoas foram alertadas a deixar  suas casas na costa leste dos Estados Unidos. Autoridades dos estados da Flórida, Carolina do Sul e Geórgia pediram que os moradores não permaneçam em casa se estiverem no provável caminho do furacão.