Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de militares mortos em guerra chega a quase 600

As forças lideradas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) informaram, neste domingo, que um de seus membros foi morto por uma bomba no sul do Afeganistão. O incidente elevou para 599 o número de baixas entre as tropas estrangeiras no país.

Nenhum outro detalhe sobre a emboscada foi divulgado. Mais de 50% das mortes registradas entre soldados da coalizão são provocadas por bombas caseiras.

O ano de 2010 já é o mais sangrento para as tropas estrangeiras, afegãs e também entre os civis desde a derrubada do Talibã, no final de 2001. Em todo o ano 2009, 521 soldados estrangeiros foram mortos.

Os ataques mostram que o Talibã segue forte. No início do mês, quando a invasão americana no Afeganistão completou nove anos, os militantes anunciaram ter o controle de mais de “75% do território”, além de “todas as estradas” do país.

Os Estados Unidos, porém, não cedem à pressão. O presidente Barack Obama anunciou, na mesma semana, que não pretendia mudar sua estratégia para o Afeganistão, que prevê, além do envio de mais 30.000 soldados adicionais, o começo da retirada das tropas apenas em julho de 2011.