Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Novo tremor 4,4 graus volta a ser sentido no centro da Itália

Trata-se do mais forte tremor registrado após os que ocorreram na quarta-feira, o maior deles de 5,9 graus

Um novo terremoto de 4,4 graus na escala Richter foi sentido no centro da Itália às 10h21 local (6h21, em Brasília), com epicentro na comuna de Castelsantangelo sul Nera, a mesma região dos três grandes tremores de ontem, informou o Instituto de Geofísica e Vulcanologia italiano (INGV). Ainda não há relatos de vítimas.

A terra não para de tremer no centro da Itália e o novo terremoto voltou a suscitar pânico entre as pessoas que se alojam nas tendas e nos centros habilitados durante a noite na região central de Marcas. Trata-se do mais forte tremor registrado após os que ocorreram na quarta-feira, o maior deles de 5,9 graus.

Leia também
Itália é atingida por segundo terremoto, mais forte que o inicial
Terremoto na Itália: o antes e depois das cidades destruídas

No centro da Cruz Vermelha de Visso, uma das localidades mais afetadas pelos últimos sismos, e onde passaram a noite dezenas de habitantes, voltaram a ocorrer cenas de pânico e muitas pessoas gritavam e saíam correndo, informou a imprensa local.

Em Ussita, também próximo ao epicentro dos últimos tremores, ocorreram novos desabamentos dos edifícios já afetados, segundo informou o canal de notícias 24 Sktg24. O INGV comunicou que desde as 19h (15h, em Brasília) de ontem até as 10h (6h, em Brasília) ocorreram mais de 200 tremores, alguns deles próximos aos 4 graus na escala Richter.

Em 24 de agosto, um terremoto de magnitude 6 causou a morte de 297 pessoas em Amatrice, Accumoli e Arquata del Tronto, na região central do país.

(Com agência EFE)