Nova Zelândia paga passagem para estrangeiros em busca de emprego

A cidade de Wellington vai pagar 100 viagens para profissionais de tecnologia de qualquer parte do mundo chamados para entrevistas por empresas locais

A indústria de tecnologia de Wellington, capital da Nova Zelândia, quer atrair talentos internacionais. A cidade está oferecendo uma viagem de quatro dias para 100 estrangeiros participarem de entrevistas de emprego nas empresas locais, em áreas como desenvolvimento de software, gerência de produto e estratégia digital.

Os interessados devem participar de um processo de seleção através do site do programa, onde devem cadastrar currículo e outras informações pessoais. Os empregadores de Wellington irão avaliar os candidatos e selecionar os profissionais que serão entrevistados pessoalmente.

Os 100 candidatos que despertarem interesse de mais empresas receberão passagem aérea desde sua cidade origem, além de hospedagem na capital neozelandesa, entre os dias 8 e 11 de maio. O cronograma da viagem incluirá entrevistas pré-agendadas para as vagas de trabalho, encontros com executivos da indústria tecnológica e tempo para conhecer a cidade.

Veja também

“Wellington é capital de inovação e tecnologia do Pacífico Sul, borbulhando com empresas inovadoras que desenvolvem soluções de ponta e as exportam para o mundo. Nossa indústria está voando e precisamos de mais pessoas”, explica o site do programa.

Os estrangeiros têm até o dia 20 de março de 2017 para completar a inscrição. Aqueles que não forem selecionados entre os 100 mais requisitados ainda podem participar do processo seletivo: caso recebam ofertas de emprego, podem viajar ao país arcando com suas próprias despesas da viagem.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Antonio Junior De Araujo Alexandre

    Requisito básico, além de domínio na área de desenvolvimento de softwares? Domínio do Inglês!

    Curtir