Nick Clegg é o novo vice-primeiro-ministro britânico

O Partido Conservador informou que o líder dos liberais democratas, Nick Clegg, será o vice-primeiro-ministro do Reino Unido. O anúncio foi feito logo depois que o líder dos conservadores, David Cameron, aceitou o convite da rainha Elizabeth II para se tornar o novo premiê do país.

Um porta-voz de Cameron afirmou que a rainha também já aprovou a nomeação de Clegg. “Vossa Majestade, a rainha, ficou contente em aprovar a nomeação de Nick Clegg como vice-primeiro-ministro”, diz o comunicado do gabinete do novo premiê.

A nota acrescenta ainda que cinco postos do governo serão ocupados pelos liberais democratas, incluindo a nomeação de Nick Clegg.

Cameron foi anunciado novo premiê britânico nesta terça-feira, após a renúncia de Gordon Brown, encerrando domínio de 13 anos do partido Trabalhista à frente da Grã-Bretanha. Ele será o primeiro-ministro britânico mais jovem em quase 200 anos.

Eleições – Os conservadores conseguiram o maior número de membros do Parlamento após as eleições do dia 6 de maio, mas não obtiveram maioria absoluta. Por isso tiveram de recorrer aos liberais democratas para formar uma aliança e conseguir governar.

O Partido Conservador elegeu 306 deputados. Os trabalhistas conquistaram 258 vagas no Parlamento e os liberais democratas 57.

Clegg disse, logo após as eleições, que daria preferência aos conservadores em uma eventual coalizão.