Milhares de refugiados fogem de campo na Grécia após incêndio

Autoridades suspeitam que fogo no principal campo de refugiados de Lesbos tenha sido iniciado por residentes durante confusões no acampamento

A polícia da Grécia informou que um incêndio de grandes proporções atingiu o acampamento de refugiados Moria, na ilha de Lesbos, nesta segunda-feira. Nenhum dos mais de 4.000 refugiados abrigados no local se feriu, mas diversas tendas e casas pré-fabricadas foram danificadas. As autoridades investigam a possibilidade de que residentes tenham iniciado o fogo.

De acordo com a polícia, as chamas estão sendo controladas por dez caminhões do corpo de bombeiros, mas já destruíram 30% das estruturas do campo. Todos os residentes fugiram do local e acredita-se que tenham procurado abrigo em outros acampamentos para refugiados da ilha. As autoridades conseguiram retirar 150 menores desacompanhados do campo, que foram levados para instalações especiais para crianças em outra parte de Lesbos.

Leia também:
Quase 4 milhões de crianças refugiadas estão fora da escola
EUA anunciam meta para acolher 110.000 refugiados em 2017
Cate Blanchett e Kit Harrington leem poema para ajudar refugiados

O canal de notícias grego Skai TV afirmou que há suspeitas de que o fogo tenha começado após distúrbios no acampamento, pela frustração dos residentes com a demora no processo dos pedidos de asilo. Um rumor que se espalhou no início do dia também sugeriu que as autoridades gregas estavam considerando enviar milhares de refugiados à Turquia ou a seus países de origem, o que causou protestos.

Há alguns dias também está instalada uma tensão entre moradores e refugiados na região, após notícias de que o governo grego tenta abrir outro campo na ilha. Lesbos é o principal destino para as milhões de pessoas que chegam às ilhas gregas vindas da Turquia e já acolhe 5.650 migrantes, em instalações pensadas para 3.500.

(Com AFP e EFE)

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s