Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mandado de prisão é emitido contra ex-premiê líbio

Entenda o caso

  1. • A revolta teve início no dia 15 de fevereiro, quando 2.000 pessoas organizaram um protesto em Bengasi, cidade que viria a se tornar reduto da oposição.
  2. • No dia 27 de março, a Otan passa a controlar as operações no país, servindo de apoio às tropas insurgentes no confronto com as forças de segurança do ditador, que está no poder há 42 anos.
  3. • Após conquistar outras cidades estratégicas, de leste a oeste do país, os rebeldes conseguem tomar Trípoli, em 21 de agosto, e, dois dias depois, festejam a invasão ao quartel-general de Kadafi.
  4. • A caçada pelo coronel continua. Logo após ele divulgar uma mensagem em que diz que resistirá ‘até a vitória ou a morte’, os rebeldes ofereceram uma recompensa para quem o capturar – vivo ou morto.

Leia mais no Tema ‘Confrontos na Líbia’

O Procurador Geral emitiu um mandado de prisão contra o ex-primeiro-ministro líbio Al-Baghdadi Al-Mahmudi, que está foragido na Tunísia, afirmou nesta quarta-feira o ministro interino da Justiça, Mohammed al-Alagi.

“O Procurador Geral iniciou uma investigação após receber um grande número de queixas de cidadãos contra Al-Baghdadi Al-Mahmudi e emitiu uma ordem de prisão demandando que ele volte da Tunísia”, declarou Alagi em uma coletiva de imprensa em Trípoli.

Al-Baghdadi Al-Mahmudi, havia sido condenado no dia 22 de setembro a seis meses de prisão por entrar ilegalmente na Tunísia. Contudo, ele foi absolvido na última terça-feira pela Justiça do país. Seu advogado Aref Ruissi declarou que o ex-primeiro-ministro deixou a prisão de Mernaquiya (14 km ao sudoeste da Tunísia), onde estava detido. “Eu desconheço o lugar para onde foi depois disso”, acrescentou.

(Com agência France-Presse)