Mãe não nota ausência de elevador e carrinho com bebê cai no poço

Menina de seis meses despencou oito andares e morreu

Um bebê de seis meses morreu ao cair no poço do elevador de um edifício residencial em Nova York nessa quinta-feira, reportou o jornal New York Times.

De acordo com a polícia, uma mulher de 21 anos identificada como Haifa Ali, que mora do 23º andar, saiu de casa com filha Areej em um carrinho de bebê na manhã de ontem. Ela acionou o botão do elevador e, quando a porta abriu, empurrou o carrinho com a filha dentro, que despencou no poço até bater no topo do elevador, quebrado no 15º andar.

A menina foi levada ao hospital, mas foi declarada morta logo depois.

O edifício Sea Rise II, onde mora Haifa, registrou quase vinte queixas de elevador quebrado desde janeiro de 2015 e acumula pelo menos cinquenta violações das normas de construção, incluindo quatro relacionadas aos elevadores, segundo o NYT.

Construído nos anos 70, o edifício de 24 andares do Brooklyn é conhecido por seus elevadores frequentemente quebrados. E este não foi o primeiro acidente fatal. Em 1991, Chandler Johnson também morreu em uma queda no poço de um elevador que não estava funcionando.

“Estamos tristes pelo trágico incidente”, disse Jordan Isenstadt, porta-voz do condomínio. “O incidente está sendo investigado, e estamos cooperando com as autoridades para determinar os fatos sobre o evento”.

O Departamento de Construções de Nova York mandou fechar o elevador para investigação – o outro elevador do prédio está quebrado desde quarta-feira.

O jornalista Ray Villeda, da rede NBC, publicou foto de Areej em seu perfil do Twitter:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Parlamentarista

    Aqui no Brasil vigora uma legislação incipiente e vaga. Falta emendá-la:
    “Antes de adentrar:
    a) segure na alça de segurança fixada na parede;
    b) verifique se a cabine do elevador se encontra posicionado neste andar.”
    É imprescindível que esteja fixada no batente ou na parede próximos à porta um par de alças (uma superior – adulto, outra inferior – infantil) para o usuário segurar antes de entrar e resistir à precipitação em caso de a cabine do elevador não estar parada no andar do acesso.

    Curtir

  2. Clara Eñelee Kornetz Alves

    Alguém me explique, por favor, como é que a porta abre e a pessoa que chamou o elevador ( sem ser cega) não percebe que êle não está no andar e “entra”?

    Curtir