Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kim Jong-un bebeu 10 garrafas de vinho em uma noite, diz ex-chef

Kenji Fujimoto, ex-cozinheiro da família Kim, ouviu a revelação do próprio ditador norte-coreano durante um jantar, em abril

O ditador Kim Jong-un, da Coreia do Norte, tem uma queda por vinhos franceses e orgulha-se de ter bebido dez garrafas de vinho Bordeaux em uma única noite. As informações são de Kenji Fujimoto, ex-cozinheiro da família Kim, que teria ouvido a revelação do próprio ditador durante um jantar, em abril deste ano.

Fujimoto, que afirma conhecer os Kim deste 1982, deu detalhes sobre o jantar em um entrevista à emissora sul-coreana KBS. Segundo ele, o ditador norte-coreano compareceu ao encontro na companhia de seis mulheres atraentes. No jantar, Kim gabou-se de ter consumido “dez garrafas de Bordeaux” em um evento dias antes, de acordo com o jornal britânico Independent.

Em 2001, o cozinheiro de Kim Jong-il, pai do atual ditador, viajou ao Japão com a desculpa de comprar ingredientes e não retornou à Coreia do Norte como cozinheiro, embora visite o ditador de tempos em tempos.

Segundo um livro publicado em 2003 por Fujimoto, o antigo líder norte-coreano organizava grandes banquetes e extravagantes festas nas quais não faltavam sushi, caviar e álcool de sua adega, de perto de 10.000 garrafas.

Enquanto a população norte-coreana, principalmente na zona rural, sofre com a malnutrição, o ditador do país parece não se queixar da escassez de alimentos. Além do gosto por vinhos franceses, Kim Jong-un é fumante e aficionado por queijo suíço, em particular o Emmental.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Menos, né Kim Jong-un, menos. É impossível alguém beber 10 garrafas e não cair em coma alcoólico. Bem, de repente foram 10 MINI garrafas iguais aquelas de frigobar. Independente disto, este fulano é um fanfarrão.

    Curtir