Jeb Bush diz que mataria o ‘bebê Hitler’ se pudesse voltar no tempo

O pré-candidato republicano à presidência americana afirmou que é “preciso se posicionar” nessa situação

O candidato à indicação do Partido Republicano às eleições presidenciais americanas Jeb Bush afirmou que mataria Adolf Hitler quando bebê se pudesse voltar no tempo. “Olha, você precisa se posicionar, cara”, disse na semana passada o ex-governador da Flórida e irmão do ex-presidente americano George W. Bush ao site Huffington Post.

O assunto surgiu quando o site questionou Jeb sobre o e-mail ‘mais estranho ou bizarro’ já recebido pelo político. O republicano respondeu citando uma pergunta enviada para ele há alguns anos: “Se você pudesse voltar no tempo e matar Hitler quando bebê, você mataria? Eu preciso saber”, diria o e-mail. A resposta de Jeb foi: “Com certeza. É preciso se posicionar, cara”.

Para promover seu livro Reply All, (“Responda a todos” em tradução livre), em que compila histórias de e-mails que recebeu quando era governador da Flórida (1999-2007), Jeb tem compartilhado dados sobre as mensagens mais estranhas que já leu. Uma delas foi enviada de um e-mail da Universidade de Wyoming pedindo que Jeb o ajudasse a encontrar papel higiênico.

Na segunda-feira, Jeb publicou um tuíte referindo-se a sua declaração ao Huffington Post: “Teria de fazer isso”.

Normalmente demonstrando temperamento sério, Bush tem se mostrado mais descontraído depois que o magnata Donald Trump afirmou que o ex-governador tem “pouca energia”.

Leia também:

Crianças latinas protagonizam vídeo xingando Trump e o racismo

As bobagens que eles contam na disputa pela Casa Branca

Carson admite que passagem da biografia sobre academia militar era mentira

(Da redação)