Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Japão entra em alerta para possível lançamento de míssil da Coreia do Norte

Navios destróiers e baterias antimísseis foram posicionados para abater qualquer projétil direcionado ao Japão

O Japão colocou os militares do país em estado de alerta nesta segunda-feira devido ao possível lançamento de um míssil balístico pela Coreia do Norte, ordenando que navios destróiers e baterias antimísseis fiquem de prontidão para abater qualquer projétil direcionado ao Japão.

Uma autoridade do governo japonês confirmou que a ordem foi emitida, mas não quis se identificar por não estar autorizada a falar com a imprensa. A ordem foi noticiada primeiramente pela televisão estatal NHK.

O Japão colocou suas forças antimísseis em alerta pelo menos duas vezes este ano, depois de detectar sinais de lançamentos de Pyongyang.

Leia mais:

Tia do líder da Coreia do Norte vive de forma anônima nos EUA

Coreia do Norte ameaça disparar contra navios do Sul que cruzarem fronteira

Kim Jong-un diz que testes nucleares no país foram “um sucesso”

A Coreia do Norte realizou seu quarto teste nuclear em janeiro, e deu sequência ao evento com uma série de testes de mísseis.

No Mar do Japão, Tóquio acionou embarcações Aegis que são capazes de rastrear alvos múltiplos e estão armadas com mísseis SM-3, concebidos para destruir ogivas no espaço antes de elas reentrarem na atmosfera e mergulharem na direção de seus alvos.

As baterias de mísseis Patriot PAC-3, que visam ogivas próximas do solo, estão instaladas ao redor de Tóquio e de outras localidades como uma segunda e última linha de defesa.

(Com Reuters)