Israel retira limitação de idade para acesso à Esplanada de Mesquitas

Medida imposta no final do outubro só permitia a entrada de homens maiores de 50 anos

A polícia israelense retirou as limitações de idade no acesso à Esplanada das Mesquitas (também conhecido como Monte do Templo), em Jerusalém. Uma restrição, imposta no final de outubro, só permitia a entrada de homens maiores de 50 anos e de mulheres.

O fim da limitação aconteceu poucas horas depois que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, viajou para Amã para se reunir com o rei da Jordânia, Abdullah II, e o secretário de Estado americano, John Kerry, para reduzir a tensão em Jerusalém.

Leia também:

Polícia mata palestino que atirou em judeu ultranacionalista

Jerusalém vive novo dia de tensões com confrontos e prisões

Kerry diz que situação atual entre palestinos e Israel é ‘insustentável’

A cidade vive confrontos desde o começo de julho, quando três extremistas judeus mataram um adolescente palestino em Jerusalém Oriental como vingança pelo assassinato três semanas antes, por palestinos, de três estudantes israelenses na Cisjordânia ocupada.

Desde então se repetiram na região confrontos entre policiais e jovens palestinos, assim como os ataques de palestinos e colonos judeus. Em 30 de outubro, o acesso ao Monte do Templo chegou a ser fechado por um dia. O fechamento do complexo elevou a crescente tensão na Cidade Velha de Jerusalém e provocou a ira de autoridades palestinas, como o presidente da ANP Mahmoud Abbas, que chamou a ação de “declaração de guerra”.

(Com agência EFE)