Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Irã quer ganhar tempo nas negociações nucleares, diz Israel

Para comunidade internacional, programa atômico iraniano tem fins militares

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, mostrou-se cético nesta sexta-feira, durante uma visita a Praga, a respeito da sinceridade do Irã nas negociações com a comunidade internacional sobre seu controverso programa nuclear. Segundo o premiê, o Irã usa as negociações para ganhar tempo e enganar a comunidade internacional.

“Parece que eles consideram estas negociações como uma oportunidade a mais para ganhar tempo e enganar, como a Coreia do Norte fez durante anos”, afirmou Netanyahu após um encontro com o presidente tcheco Vaclav Klaus. “Podem tentar ir de reunião em reunião com promessas vazias. Podem aceitar algo a princípio, mas não aplicar. Podem até aceitar aplicar algo, mas nada que evite efetivamente a continuidade de seu programa nuclear militar”, disse.

“O objetivo das negociações deve ser muito claro: suspender toda atividade de enriquecimento de urânio dentro do Irã, tirar do Irã todo o material nuclear enriquecido e desmantelar a instalação nuclear subterrânea perto de Qom”, disse. “Quando tudo isto acontecer, serei o primeiro a aplaudir, mas até agora, estou entre os céticos”, completou.

Boa parte da comunidade internacional suspeita que o Irã deseja produzir armamento atômico sob a fachada de um programa nuclear civil, o que Teerã nega. Israel, um dos países mais preocupados com a hipótese, já ameaçou mais de uma vez atacar as bases nucleares iranianas, o que os Estados Unidos não apoiam.