Invasor da Casa Branca estava armado com faca

O texano Omar Gonzalez pulou uma cerca e se aproximou da mansão executiva minutos após Obama e sua família deixarem o local

O homem que invadiu a Casa Branca na sexta-feira estava armado com uma faca, afirmou a Promotoria dos Estados Unidos neste domingo. Identificado como Omar Gonzalez, o texano de 42 anos pulou uma cerca e se aproximou da mansão executiva minutos após Obama e sua família partirem no helicóptero Marine One para um fim de semana em Camp David, uma base militar e casa de campo localizada no Estado de Maryland, a pouco mais de 100 quilômetros da capital Washington.

Anteriormente, o Serviço Secreto dos Estados Unidos havia dito que Gonzalez não estava armado. O invasor foi acusado por entrar ilegalmente em um prédio restrito enquanto portava uma “arma mortal ou perigosa”, de acordo com declaração da Promotoria neste sábado. Se condenado, ele pode pegar 10 anos na prisão.

Leia também

Casa Branca é reaberta após ser brevemente esvaziada

Obama comemora aprovação de ajuda a rebeldes sírios

Só 30% dos americanos acreditam no sucesso de operação militar contra o Estado Islâmico

O serviço secreto flagrou o invasor no terreno do complexo pouco depois de o presidente deixar o local de helicóptero, disseram testemunhas. De acordo com Mark Knoller, correspondente da Casa Branca da rede CBS, funcionários e jornalistas que estavam no local foram retirados pelos agentes que estavam uniformizados e portavam armas automáticas.

(Com agência Reuters)