Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem armado tenta invadir delegacia e é baleado em Paris

Um homem armado com uma faca e com um falso cinturão de explosivos foi morto por policiais nesta quinta-feira diante de uma delegacia do bairro de Goutte d’Or, no norte de Paris, depois da tentativa de um atentado. A tentativa de ataque acontece no mesmo dia em que o país recorda os atentados contra o semanário satírico Charlie Hebdo e um supermercado judaico. A emissora de TV France Info informou que o homem tentava entrar no departamento policial gritando “allahu akbar” (Alá é grande) antes de ser abatido pelos agentes.

A polícia isolou o local e o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve estava a caminho da delegacia atacada. Os policiais ordenaram aos transeuntes que se refugiassem em uma loja da rua, cuja porta de ferro foi baixada. As crianças foram levadas para uma pré-escola nas proximidades e que teve o acesso fechado. A circulação foi interrompida em uma avenida próxima, para permitir o acesso de ambulâncias. A França, desde os atentados de 13 de novembro que vitimaram 130 pessoas, ainda está sob um rígido esquema de segurança em todo o país, sobretudo na capital e nas principais cidades.

Leia também

Um ano após atentados, ‘Charlie Hebdo’ ataca extremismo com humor

“A França não mudará”, diz Hollande em homenagem às vítimas dos atentados em Paris

(Da redação)