Holanda: rei pilota voos comerciais em segredo

O monarca Willem-Alexander ocupa a cabine em rotas da companhia KLM, para descansar dos compromissos reais

Nem só de eventos luxuosos vive o rei da Holanda, Willem-Alexander, de 50 anos. Em entrevista publicada pelo jornal De Telegraaf, na quarta-feira, o monarca disse que atua como copiloto em voos da companhia área KLM pela Europa, há mais de 21 anos.

Não é novidade que Willem-Alexander é um piloto treinado, mas foi uma surpresa a revelação de que ocupa a cabine das aeronaves da “Companhia Real de Aviação”, como a empresa é conhecida, pelo menos duas vezes ao mês. Segundo ele, se trata de um hobby para aliviar as tensões da realeza.

“Há um avião, passageiros e tripulação. Você tem responsabilidade por eles, não pode levar seus problemas do solo para os céus. Pode se libertar completamente e se concentrar em algo diferente”, disse o rei ao De Telegraaf. “Para mim, essa é a parte mais relaxante de voar.”

De acordo com o monarca, ser um rosto conhecido não costuma atrapalhar o trabalho, já que raramente é notado pelos passageiros. Com o uniforme da companhia aérea, passa desapercebido pelos aeroportos. Por ser copiloto, Willem-Alexander também não precisa dizer seu nome quando faz anúncios aos passageiros. “De qualquer forma, a maioria das pessoas não ouve”, brincou.