Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hillary lidera pesquisa após 1º debate presidencial com Trump

Em pesquisa realizada nos dias 27 e 28, a democrata aparece com o apoio de 44% dos eleitores, contra 40% de Trump

A candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton, ganhou quatro pontos de vantagem sobre seu rival republicano, Donald Trump, após o primeiro debate presidencial, conforme nova pesquisa divulgada nesta quinta-feira nos Estados Unidos.

De acordo com o levantamento, realizado pelo instituto Public Policy Polling (PPP) nos dias 27 e 28 deste mês, Hillary tem o apoio de 44% dos eleitores, contra 40% de Trump, seguido pelo candidato libertário Gary Johnson (6%), o independente Evan McMullin (2%) e a médica Jill Stein (1%).

“De maneira consistente, vimos Hillary Clinton com uma vantagem nacional de uma categoria de três a seis pontos desde que Donald Trump alcançou a indicação republicana” no final de julho, afirmou o presidente de PPP, Dean Debnam, que considerou a vantagem da ex-primeira-dama “modesta”, mas “bastante duradoura”.

LEIA TAMBÉM:
Trump ameaça citar traições de Clinton em próximo debate nos EUA
Quem venceu o 1º debate americano? Especialistas dão o veredito
Debate entre Hillary e Trump tem provocações e interrupções

Ao todo, 54% dos entrevistados garantiram que Hillary venceu Trump em seu primeiro debate presidencial, realizado na segunda-feira na Universidade de Hofstra (Nova York), em horário nobre da TV. Já 31% dos eleitores ouvidos acreditam que o magnata saiu vencedor do debate, o mais visto na história dos Estados Unidos, segundo a pesquisa de PPP, que consultou 933 eleitores mediante entrevistas por telefone e na internet, e tem uma margem de erro de 3,2 pontos.

De acordo com o portal RealClearPolitics, que faz uma média de todas as pesquisas eleitorais publicadas no país, Hillary tem 3% de vantagem com relação a Trump em nível nacional. A ex-secretária de Estado e o empresário nova-iorquino voltarão a se enfrentar no dia 9 de outubro na Universidade Washington, em Saint Louis, no estado do Missouri.

As eleições presidenciais acontecem em 8 de novembro.

(Com EFE)