Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funcionário de consulado americano é baleado no México

O FBI está oferecendo uma recompensa de 20.000 dólares por informações sobre o suspeito

Um funcionário do consulado dos Estados Unidos na cidade de Guadalajara, no México, foi baleado em plena luz do dia, informaram neste sábado o Ministério Público e as autoridades americanas. Segundo a Consulado, o FBI está oferecendo 20.000 dólares (cerca de 64.500 reais) por informações que levem à identificação do suspeito.

O ataque aconteceu por volta das 18h20 (no horário local, 22h20 em Brasília) desta sexta-feira, quando o oficial, cuja identidade e função no consulado não foram divulgadas, deixava um shopping em seu carro, mostra um vídeo publicado na página da delegação diplomática no Facebook. Segundo um boletim médico citado pelo Ministério Público, o estado de saúde do funcionário é estável.

O promotor do estado de Jalisco, Eduardo Almaguer, disse que se tratou de “uma agressão direta” e que ainda não foi possível ouvir a versão do funcionário baleado. De acordo com uma fonte do jornal Washington Post, o funcionário se chama Christopher Ashcraft e estava em seu primeiro posto diplomático no exterior.

“O FBI oferece uma recompensa de 20 mil dólares por informações sobre o atirador”, assinala uma publicação nas páginas no Facebook da embaixada e do consulado.Um porta-voz da embaixada americana disse que os Estados Unidos trabalham com autoridades mexicanas na investigação do caso, mas não quis divulgar detalhes, por motivo de segurança.

Em vídeos divulgados pelo consulado americano, o funcionário é visto com roupa esportiva ao pagar o tíquete do estacionamento, e, atrás dele, um homem de cabelo preto vestido de azul e usando óculos escuros o segue. Em outro vídeo, o homem é visto na rua aguardando a saída do funcionário americano, para, em seguida, atirar em direção a seu carro sair correndo.

O Consulado dos Estados Unidos em Guadalajara também divulgou fotos do suspeito em sua página no Facebook, para ajudar na investigação.

(Com AFP)