França aprova casamento entre parceiros do mesmo sexo

Após o texto passar pelo Senado, deputados revisaram pequenas mudanças

O Parlamento francês aprovou nesta terça-feira uma lei que permite o casamento entre parceiros do mesmo sexo e a adoção de crianças por esses casais, uma reforma prometida pelo presidente François Hollande que provocou protestos nas ruas do país e um aumento de ataques homofóbicos.

Os legisladores da Câmara dos Deputados da Assembleia Nacional, onde os socialistas de Hollande contam com uma maioria absoluta, aprovaram a lei por 331 votos a favor e 225 contra, tornando a França o 14º país no mundo a permitir o casamento entre parceiros do mesmo sexo.

No último dia 12 de abril, o Senado francês aprovou o projeto, fazendo apenas pequenas modificações, e o devolveu à Assembleia Nacional, que já havia aprovado o texto anteriormente, por ampla maioria, para uma segunda leitura. O processo estava previsto para demorar semanas, mas os parlamentares adiantaram o prazo final da votação para esta terça.

Leia também: Casamento gay – a pauta é diferente nos EUA e no Brasil

(Com agência Reuters)