Falha expõe ‘toda’ a internet da Coreia do Norte: 28 sites

Entre os sites norte-coreanos estão a agência de notícias estatal e páginas de receitas culinárias, esportes e educação

Uma falha de segurança liberou o acesso à fechada internet da Coreia do Norte na última segunda-feira e permitiu que uma empresa de tecnologia conseguisse acessar todos os sites do país. Sim, todos os sites. Segundo a GitHub, plataforma de desenvolvimento colaborativo de software, os norte-coreanos podem navegar em apenas 28 sites.

Entre os sites da Coreia do Norte estão a agência de notícias estatal, a companhia aérea estatal, uma empresa de seguros estatal, além de páginas de receitas culinárias, esportes, educação e uma rede social que parece imitar o Facebook, mas estava fora do ar. A título de comparação, a ferramenta Internet Live Stats registra atualmente mais de 1 bilhão de sites no mundo.

LEIA MAIS:
Programa de TV da Coreia do Norte faz piada com Obama
Conheça o Manbang, o ‘Netflix da Coreia do Norte’
O que sabemos sobre o programa nuclear da Coreia do Norte

A GitHub teve acesso a todos os domínios registrados no país antes que o erro que desbloqueou a rede de internet norte-coreana fosse corrigido. Por meio de um comunicado, a empresa explicou que “um dos servidores de primeiro nível da Coreia do Norte foi configurado acidentalmente para permitir transferências globais”, reportou o jornal El País.

Embora o país seja um dos mais fechados do mundo, a revelação surpreendeu os especialistas. Estudos anteriores apontavam que a internet controlada pelo governo norte-coreano seria composta por cerca de 5.500 sites.

Restrição

Criada em 2000, a intranet norte-coreana só permite o acesso a sites aprovados pelo governo. O acesso à internet na Coreia do Norte é liberado para quem possui computador, mas a compra do equipamento, que pode custar meses de salário, depende de aprovação do governo. Portanto, dos 25 milhões de norte-coreanos, poucos milhares conseguem navegar na internet.

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s