Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-governador de Rhode Island entra na disputa das primárias democratas

Lincoln Chafee é o terceiro candidato a formalizar a intenção de enfrentar a ex-secretária de Estado, Hillary Clinton, na corrida presidencial dos EUA

O ex-governador de Rhode Island, Lincoln Chafee, oficializou nesta quarta-feira a sua pré-candidatura à Presidência dos Estados Unidos. Ele é o terceiro político a formalizar o desejo de enfrentar a ex-secretária de Estado, Hillary Clinton, nas primárias do partido Democrata. Já haviam entrado na corrida o senador de Vermont, Bernie Sanders, e o ex-governador de Maryland, Martin O’Malley. “Gosto de desafios e certamente nós enfrentamos muitos deles nos Estados Unidos”, afirmou o político, de 62 anos.

Segundo o jornal The New York Times, Chafee está ávido por confrontar Hillary em controversas questões levantadas pela imprensa americana nos últimos meses. As suspeitas sobre o financiamento da Fundação Clinton, mantida pela família da ex-secretária de Estado, e o respaldo dado por ela à guerra do Iraque, em 2003, são alguns dos pontos que serão abordados por Chafee durante os debates democratas. À época da invasão americana, o ex-governador de Rhode Island era filiado ao partido Republicano e foi o único político da legenda a votar contra o conflito iniciado por George W. Bush.

Leia também:

Obama já é mais impopular que Bush, diz pesquisa da CNN

Em dois meses, Hillary despenca e está empatada tecnicamente com Bush

“Acredito que Chafee quer ter o mesmo diálogo sobre a política externa que [o candidato Bernie] Sander quer ter sobre a política interna. Ele acha que o país está se militarizando demais”, disse Scott MacKay, um analista político de Rhode Island. Nesta quarta-feira, Chafee afirmou que “temos de sair de forma deliberada e cuidadosa de guerras caras”. Ele destaca que os Estados Unidos devem formar uma classe média forte e voltar os seus investimentos para a educação, infraestrutura, sistema de saúde e meio ambiente.

Do lado republicano, nove políticos formalizaram o interesse de concorrer à nomeação do partido para disputar as eleições presidenciais de 2016. A expectativa é de que sejam anunciadas em breve as candidaturas do governador de Wisconsin, Scott Walker, e do ex-governador da Flórida, Jeb Bush – apontado como o único político republicano capaz de concorrer de igual para igual com Hillary.

(Da redação)