Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dupla de detidos suspeitos confessa assassinatos no Oklahoma

Washington, 10 abr (EFE).- Os dois homens detidos no fim de semana como supostos autores dos ataques realizados na última sexta-feira na cidade de Tulsa (Oklahoma), que resultaram na morte de três pessoas, confessaram suas respectivas participações nos crimes, informou a imprensa local.

Segundo o jornal ‘The Tulsa World’, Jake England, de 19 anos, e Alvin Watts, de 33, confessaram o crime aos agentes da Divisão de Detetives da Polícia de Tulsa pouco tempo depois de terem se entregados às autoridades no domingo.

Anteriormente, na sexta-feira, os dois indivíduos atiraram em pelo menos cinco pessoas, todas elas negras, enquanto caminhavam pela rua. Segundo as autoridades, os criminosos percorreram uma área de aproximadamente 5 quilômetros. As vítimas, que não tinham relação entre si, foram atacadas de maneira aleatória.

A comunidade negra do norte de Tulsa, onde ocorreram os ataques, se mostra preocupada após o tiroteio, já que os crimes podem estar associados com causas racistas.

Após terem confessado os crimes, os dois suspeitos compareceram ontem diante de um juiz, que, por sua vez, fixou a fiança de cada um dos detidos em US$ 9,16 milhões por três acusações de homicídio em primeiro grau, dois de ataque com intenção de matar, e uma pela posse de arma de fogo na comissão de um crime.

No entanto, a formalização da queixa acabou sendo adiada até o 16 de abril para dar tempo para a promotoria revisar as denúncias e definiram acusações. EFE