De volta, Cristina Kirchner fragmenta ainda mais a oposição

Reportagem de VEJA desta semana explica o contexto político e econômico que rodeia o lançamento de um novo movimento político pela ex-presidente

Em meio à fragmentação do peronismo, Cristina Kirchner anunciou o lançamento de uma nova frente política, a Unidade Cidadã. Com a plataforma, a ex-presidente argentina evita ter que disputar espaço dentro do Partido Justicialista, o PJ, e fica livre para se lançar candidata ao Senado nas eleições legislativas de outubro.

Eleita, Cristina pode se beneficiar da imunidade parlamentar (interessante frente à série de denúncias que enfrenta) e, quem sabe, alçar voos políticos mais ambiciosos.

Mesmo se não sair candidata, o lançamento da frente por si só já aprofunda as divisões entre peronistas, o que pode acabar beneficiando o presidente Mauricio Macri.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. A classe política sul americana explica o tanto de ditaduras militares que sempre surgem neste continente. Não dá para aguentar esse lixo político.

    Curtir

  2. Francisco Martins

    Ella é o espelho da Dillmandioka e do Llullallau!!!
    Essa é a eskerda na América Latina!!!

    Curtir

  3. KKKKK A boca dela foi desenhada por Carlos Zéfiro, o autor predileto do Ricardo Boechat!

    Curtir