Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coreia do Norte volta a disparar misseis de curto alcance

É a terceira vez em menos de uma semana que regime comunista faz demonstração de força

A Coreia do Norte disparou nesta terça-feira sete mísseis de curto alcance ao mar a partir de sua costa oriental, no terceiro lançamento deste tipo desde a última quinta-feira e ao mesmo tempo em que a Coreia do Sul e os Estados Unidos realizam exercícios militares na região.

O Exército norte-coreano lançou três mísseis por volta das 6h locais e outros quatro as 16h17 locais. Ambos os lançamentos foram feitos a partir da cidade de Wonsan, no sudeste do país, confirmou o Ministério de Defesa da Coreia do Sul, após corrigir a informação de que Pyongyang tinha lançado apenas um míssil.

Leia mais:

Relatório da ONU cita violações de direitos humanos e pede punição ao regime

‘Coreia do Norte está mais imprevisível que nunca’, diz presidente sul-coreana

Os primeiros três mísseis percorreram 55 quilômetros até cair ao mar, enquanto os quatro lançados pela tarde abrangeram uma categoria de 155 quilômetros e eram ‘de um novo tipo’, indicou à Agência Efe um porta-voz do ministério de Defesa da Coreia do Sul, que aguarda a apuração militar para dar mais detalhes.

Seul acredita que os projéteis de hoje não eram do tipo Scud, como no caso dos dois lançados ontem e dos quatro lançados na última quinta.

Leia também:

Separados pela guerra, sul-coreanos participam de reencontro coletivo no Norte

Famílias separadas pela Guerra da Coreia se reúnem após 60 anos

Até o momento, o governo sul-coreano não considerou os lançamentos de mísseis de curto alcance como uma ameaça, embora o Exército tenha reforçado sua preparação.

Tanto as autoridades sul-coreanas como analistas consideram tais ações como uma “provocação” do regime do ditador Kim Jong-un que deseja demonstrar força frente aos exercícios militares conjuntos que Seul e Washington estão realizando no território e águas da Coreia do Sul.

(Com agência EFE)