Coreia do Norte lança míssil e assusta vizinhos do Sul

Informação foi confirmada pela Coreia do Sul e o Japão; míssil balístico voou cerca de 700 quilômetros antes de cair no mar

A Coreia do Norte lançou na manhã deste domingo (horário local) um míssil balístico que caiu no mar entre a sua costa nordeste e o Japão. A informação foi confirmada pelos governos da Coreia do Sul e do Japão.

O míssil foi lançado de uma região chamada Kusong, ao norte da capital Pyongyang, e voou cerca de 700 quilômetros – e por aproximadamente meia hora – antes de cair no mar. Foi o primeiro teste em duas semanas. Nos últimos dois meses, a Coreia do Norte já havia feito testes e disparado ao menos outros quatro mísseis balísticos. São mísseis que, se bem sucedidos, são capazes de voar distâncias superiores a 5 000 quilômetros – ou seja, de cruzar diferentes continentes.

O novo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, convocou uma reunião de emergência do Conselho Nacional de Segurança para discutir a nova agressão dos vizinhos do norte. Ele tomou posse na quarta-feira passada e havia prometido insistir no diálogo para tentar encerrar o clima de animosidade com a Coreia do Norte, do ditador Kim Jong-un.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Vicente Otávio da Fonseca

    A Coreia do Norte sem a China não é nada e a China está muito bem situada no contexto mundial para se aventurar a proteger um dirigente paranoico, amante de si mesmo e carrasco do seu próprio povo!

    Curtir

  2. Adao Tendência

    Não esquenta gente esse míssil é de plástico.

    Curtir

  3. Donald Trump tem que invadir este país e acabar com esta palhaçada.

    Curtir

  4. Heitor Vianna

    A China acaba de fazer testes de misseis, a partir de navio no mar em frente as Coreias – ninguem protesta. Valem esses lançamentos para os outros, mas não para a Coreia do Norte. Valem armas nucleares até para israel, Paquistão e India, mas não para a Coreia do Norte. Sim, a Coreia do Norte depende da China e Russia; todavia a do Sul depende dos EUA, os quais são fomentadores das industrias que lá existem.

    Curtir

  5. Osmar Serrragem

    Israel Paquistão e Índia sao nucleares porem são democracias. Isto faz uma diferenca gigantesca. Não ficam ameacando destruir ninguém. Quem não vê isto, ou é cego, ou mal intencionado, ou ambos…

    Curtir

  6. Paulo Cezar Barbosa

    SERÁ QUE ESTE BONECO PÁLIDO E GORDINHO TEM …. NOÇÃO …. DO PODER DE DESTRUIÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS AMERICANA ….. ( O TAL GORDINHO É DOIDO MESMO !!!!!! )

    Curtir