Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Conselho de Segurança da ONU pede que Síria respeite prazo de cessar-fogo

O Conselho de Segurança da ONU pediu nesta terça-feira que o presidente Bashar al-Assad cumpra o prazo de quinta-feira para fazer com que o cessar-fogo total na Síria seja respeitado.

Em um comunicado lido pela embaixadora americana Susan Rice, o conselho manifestou o seu apoio ao enviado da ONU e da Liga Árabe à Síria, Kofi Annan, que pediu que Damasco “realize uma mudança fundamental de curso” em sua conduta para por fim às hostilidades antes das 06h00 locais de quinta-feira na capital síria.

O mediador enviou uma carta de três páginas ao Conselho lamentando nesta terça-feira que o regime sírio não tenha cumprido todos os seus compromissos de retirada militar na data de 10 de abril e pedindo ao Conselho que solicite urgentemente que poder e oposição “respeitem a data limite de 12 de abril” para por fim às hostilidades.

“Permaneço convencido de que tudo deve ser feito para obter uma suspensão da violência sob todas as suas formas no dia 12 de abril às 06h00” (hora de Damasco), reafirma Annan em sua carta.

Dirigindo-se à imprensa, Rice rejeitou a ideia de que o Conselho tenha estipulado um novo prazo para 12 de abril após ter deixado passar um primeiro limite. “Não vejo isso como uma nova data limite, a data limite era hoje”, afirmou, acrescentando: “a data limite passou e a violência continuou”.

“Os Estados Unidos consideram que é escandaloso, mas não surpreendente, que o governo (sírio) tenha feito promessas e não as tenha cumprido”. “Chegaremos muito em breve ao momento da verdade”, advertiu, indicando que “a próxima etapa será acentuar a pressão” sobre o regime do presidente Bashar al-Assad.