Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comandante dos EUA na Coreia do Sul pede mais armas

O comandante das forças americanas na Coreia do Sul pediu nesta terça-feira ao Pentágono mais mísseis e helicópteros de ataque, em um contexto de ameaças crescentes da Coreia do Norte aos sul-coreanos.

“Com o objetivo de reforçar nossas capacidades para realizar combates, peço prioridade para receber esquadrões suplementares de ataque e reconhecimento”, além de “maior capacidade em termos de mísseis balísticos de defesa”, declarou o general James Thurman.

O general Thurman solicitou ainda ao departamento de Defesa o envio de um batalhão aéreo dotado de helicópteros de ataque Apache.

“Penso que podemos obtê-los”, disse o militar, acrescentando que a prioridade é manter “uma situação estável e pacífica” na península coreana. “Vou assegurar a manutenção de um nível de preparação elevado”.

O pedido de Thurman ocorre após Pyongyang ameaçar Seul com uma “guerra santa”.

Os Estados Unidos, aliados do Sul na guerra da Coreia (1950-1953), têm 28.500 soldados no território sul-coreano.