Colômbia abre base militar perto da fronteira com Venezuela

Novas instalações da Força Aérea Colombiana vigiam espaço aéreo e guerrilhas

A Colômbia iniciará neste sábado as operações em uma base militar encarregada de vigiar o espaço aéreo na fronteira com a Venezuela e combater as guerrilhas das Farc e do ELN na região, anunciou nesta sexta-feira a Força Aérea Colombiana (FAC). A base está situada em Yopal, capital do departamento de Casanare, e seria inaugurada pessoalmente pelo presidente Álvaro Uribe.

De acordo com informações dos militares, a área total da base é de 69.000 quilômetros quadrados. No local haverá aeronaves de transporte, inteligência e combate, incluindo aviões e helicópteros. A base também dará proteção aérea à infraestrutura petroleira nesta região do país, e auxiliará no combate “aos diferentes grupos narcoterroristas que agem nesta parte do território colombiano”, diz o comunicado da FAC

O anúncio ocorre no momento em que a Venezuela mobiliza tropas na fronteira com a Colômbia, após o rompimento das relações diplomáticas entre os dois países. O presidente venezuelano, Hugo Chávez, informou neste sábado que vai enviar unidades militares – aéreas e de infantaria – para a fronteira. Segundo ele, “Álvaro Uribe é “capaz de qualquer coisa”.

A declaração de Chávez foi exibida pela televisão estatal VTV. “Isto se tornou uma ameaça de guerra, mas nós não queremos a guerra.” Na semana passada, Chávez rompeu relações com a Colômbia, após Bogotá denunciar na Organização dos Estados Americanos (OEA) a presença de mais de 1.500 guerrilheiros colombianos no território da Venezuela.

(Com agência France-Presse)