CNT: Kadafi está escondido perto da fronteira com a Argélia

Ex-ditador líbio contaria com proteção da tribo Touareg na cidade de Ghadamis

O ex-ditador líbio Muamar Kadafi está escondido no oeste da Líbia, perto da fronteira com a Argélia, sob a proteção de membros da tribo Touareg. A informação foi dada por uma autoridade militar sênior da nova liderança da Líbia, que ainda detalhou a cidade onde Kadafi estaria: Ghadamis.

Entenda o caso

  1. • A revolta teve início no dia 15 de fevereiro, quando 2.000 pessoas organizaram um protesto em Bengasi, cidade que viria a se tornar reduto da oposição.
  2. • No dia 27 de março, a Otan passa a controlar as operações no país, servindo de apoio às tropas insurgentes no confronto com as forças de segurança do ditador, que está no poder há 42 anos.
  3. • Após conquistar outras cidades estratégicas, de leste a oeste do país, os rebeldes conseguem tomar Trípoli, em 21 de agosto, e, dois dias depois, festejam a invasão ao quartel-general de Kadafi.
  4. • A caçada pelo coronel continua. Logo após ele divulgar uma mensagem em que diz que resistirá ‘até a vitória ou a morte’, os rebeldes ofereceram uma recompensa para quem o capturar – vivo ou morto.

Leia mais no Tema ‘Confrontos na Líbia’

Hisham Buhagiar, que é coordenador da caça à Kadafi, disse à agência Reuters por telefone, na noite de terça-feira, que o ditador deposto estaria na cidade de Samnu, ao sul, há uma semana, antes de mudar-se para Ghadamis, que está 550 quilômetros a sudoeste de Trípoli.

Ele disse ainda que Saif al-Islam, filho do ex-líder, estaria em Bani Walid, e outro filho, Mutassem, estaria em Sirte, cidade-natal da família. “Ambos estão pensando em deixar a Líbia, talvez para o Níger”, acrescentou Buhagiar.

Sirte, um dos últimos bastiões de apoio a Kadafi, está cercada pelas forças da atual liderança da Líbia, o Conselho Nacional de Transição (CNT), e sob bombardeio de aviões de guerra da Otan. A tomada de Sirte, a 450 quilômetros ao leste de Trípoli, colocaria o CNT mais perto da conquista do controle de todo o país, um objetivo que já dura mais de um mês desde que os combatentes tomaram a capital.

Segundo Buhagiar, a maioria das tribos do sul era contra Kadafi, com exceção da Touareg, que ainda o apoia. “Houve um confronto entre homens da tribo Touareg que são leais a Kadafi e árabes que moram lá (no sul). Estamos negociando. A busca por Kadafi está tomando um rumo diferente”, disse Buhagiar, sem elaborar.

A filha de Kadafi, Aisha, os irmãos Hannibal e Mohammed, e a mãe deles, Safia, além de vários outros membros da família, fugiram para a Argélia em agosto e moram lá desde então.

Onde fica: Argélia

A Argélia é um país do Norte da África, que faz fronteira com a Líbia.

Forças insurgentes acreditam que o ex-ditador Muamar Kadafi possa estar escondido na cidade de Ghadamis, próximo ao país vizinho e a 550 quilômetros de distância da capital Trípoli.