Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cerca de 100 corpos são encontrados em vilarejo soterrado no Nepal

O local, ponto de passagem para mochileiros e alpinistas que seguem para as montanhas do Himalaia, foi completamente destruído por uma avalanche provocada pelo tremor

A polícia do Nepal e voluntários encontraram os corpos de cerca de 100 mochileiros e moradores soterrados por uma avalanche provocada pelo terremoto devastador do último dia 25. As buscas prosseguem e as equipes seguem cavando na neve e no gelo na procura de desaparecidos, disseram autoridades nesta segunda-feira. Os corpos foram recuperados no sábado e no domingo no vilarejo de Langtang, 60 quilômetros a norte de Katmandu. O local é um destino popular para caminhadas entre turistas ocidentais.

O vilarejo inteiro foi destruído pela forte avalanche. No local funcionavam mais de 50 abrigos e albergues utilizados por mochileiros e alpinistas que seguem em direção à cordilheira do Himalaia. O número de mortos em decorrência do terremoto que atingiu o Nepal no dia 25 de abril subiu para 7.276, afirmaram neste domingo as autoridades locais.

Leia também

Homem de 101 anos é resgatado de escombros no Nepal

Ajuda humanitária fica presa em aeroporto

Unicef alerta para tráfico de crianças após terremoto

Por causa de rachaduras e imperfeições no asfalto decorrentes do tremor, a pista mais importante do maior aeroporto do país foi fechada temporariamente para grandes aviões. De acordo com Birendra Shrestha, gerente do Aeroporto Internacional de Tribhuvan, localizado nos arredores de Katmandu, a pista foi construída para receber apenas jatos de tamanho médio, e não grandes aeronaves militares e de carga, como as que têm levado ao país suprimentos de ajuda, comida, remédios e equipes de resgate e ajuda humanitária.

Apesar dos problemas, o coordenador da Organização das Nações Unidas (ONU) no Nepal, Jamie McGoldrick, disse que os gargalos na chegada da ajuda humanitária ao país estavam desaparecendo lentamente. O Nepal aliviou trâmites aduaneiros e outros obstáculos burocráticos após queixas da ONU. “O governo tem tomado nota de algumas das preocupações que temos expressado a eles”, afirmou McGoldrick.

Leia mais

Vídeos mostram destruição e desespero durante terremoto

Lista: terremoto destrói patrimônio histórico do Nepal

A verdadeira extensão dos danos do terremoto ainda é desconhecida, com novos relatos chegando a todo momento de áreas remotas, algumas das quais permanecem isoladas. A ONU diz que o terremoto afetou 8,1 milhões de pessoas, mais de um quarto dos 28 milhões de habitantes do Nepal. Laxi Dhakal, funcionário do Ministério do Interior do país, disse que as esperanças de encontrar sobreviventes diminuíram drasticamente. “A menos que eles estejam em uma bolsa de ar, não existe muita possibilidade”, afirmou.

(Da redação)