Cemitério com vítimas do nazismo é encontrado na Áustria

Covas, localizadas dentro de um hospital, podem conter restos de 220 pessoas

Funcionários do governo austríaco disseram que um cemitério, localizado dentro de um hospital no oeste do país, pode conter restos mortais de até 220 pessoas assassinadas por nazistas. A empresa que administra a unidade diz que tomou conhecimento da existência do cemitério quando iniciou um projeto de construção e descobriu as tumbas no local.

A companhia afirmou, em comunicado, que as vítimas foram sepultadas entre 1942 e 1945. A nota informou que “existem indícios de que os mortos foram vítimas do projeto de eutanásia dos nazistas”.

O porta-voz do projeto de construção, Johannes Schwamberger, disse que as obras foram interrompidas após a descoberta do cemitério clandestino nazista, para permitir uma investigação que descubra a identidade dos mortos. Mais de 75.000 pessoas foram assassinadas pelos nazistas por terem deficiências físicas e mentais.

(Com Agência Estado)