Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caixas-pretas revelam que turbinas de avião da TransAsia falharam

A queda do bimotor deixou 35 mortos. O avião tinha passado por revisão em 26 de janeiro e a investigação ainda não revelou os motivos das falhas

As turbinas do avião da TransAsia que caiu em um rio de Taipé matando 35 pessoas não conseguiram gerar força suficiente para as hélices durante dois minutos após a decolagem, disseram autoridades nesta quinta-feira, revelando tentativas do piloto de desligar e reiniciar uma turbina.

O voo GE235 levava 58 passageiros e tripulantes quando o avião adernou entre prédios, bateu com uma das asas em um viaduto e então caiu de cabeça para baixo em um rio de águas rasas, na quarta-feira. Quinze pessoas sobreviveram. Os dados das caixas-pretas de dados e voz do avião bimotor mostraram que problemas com o motor direito foram seguidos por problemas no esquerdo, e que o avião emitiu cinco alertas antes de cair no centro de Taipé, disseram a jornalistas funcionários do Conselho de Segurança na Aviação.

Leia também

Taiwan procura desaparecidos após acidente de avião

Acidente aéreo em Taiwan mata ao menos 31 pessoas

Vídeo: criança é resgatada de avião que caiu em Taiwan

O motor da direita primeiro entrou em um estado chamado de “auto-feather”, no qual reduz drasticamente sua potência, de acordo com o diretor-gerente do conselho, Thomas Wang. A tripulação então reduziu a aceleração no motor esquerdo e tentou reiniciá-lo, mas não conseguiu a força necessária. A investigação, no entanto, ainda não esclareceu os motivos para a falha. O avião, um bimotor turboélice ATR-72 de fabricação franco-italiana, tinha menos de um ano de uso e passou por sua última revisão no dia 26 de janeiro, segundo confirmou um representante da Autoridade de Aviação Civil da ilha de Taiwan.

Herói – Saudado como um herói por fazer de tudo para evitar a queda em bairros residenciais, o piloto do avião da TransAsia foi encontrado morto na cabine, com as duas mãos no manche de comando e as duas pernas fraturadas, segundo o jornal taiwanês China Times. “Ele se esforçou para manter o manche até o último momento, antes de o avião cair no rio, para tentar controlar a direção e limitar os danos”, afirma o jornal, que cita fontes ligadas à investigação.

Este foi o segundo acidente da companhia aérea em pouco mais de seis meses. No dia 23 de julho do ano passado, um avião da TransAsia caiu com 54 passageiro e quatro membros da tripulação a bordo em uma ilha de Penghu, na costa oeste de Taiwan. Apenas 10 pessoas sobreviveram.

Vídeo: A queda do avião da TransAsia


(Com agência Reuters)