Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Boca de urna: Romney vence primárias de New Hampshire

Pesquisa aponta que ex-governador teve 36% dos votos na prévia republicana

Os ex-governador de Massachusetts Mitt Romney confirmou seu favoritismo nas pesquisas de boca de urna. Em levantamento da rede CNN, Romney aparece com 36% dos votos, contra 22,5% de Ron Paul e 18% de Jon Huntsman, os três concorrentes mais votados. Rick Santorum, com 10,5%, Newt Gingrich, com 9,5%, e Rick Perry, com 1%, vêm em seguida.

Romney também foi declarado vencedor das primárias pela emissora NBC e pelo jornal The New York Times. É a segunda vitória do ex-governador em duas eleições prévias do Partido Republicano – semana passada, Romney ficou em primeiro em Iowa. Antes mesmo do encerramento da votação em New Hampshire para escolher o adversário do presidente Barack Obama na eleição presidencial de novembro, ele manifestou seu otimismo com os resultados, classificando sua vitória como histórica.

“Acho que será a primeira vez que alguém do nosso partido que não está no cargo (de presidente dos EUA) terá vencido em Iowa e New Hampshire”, Romney disse. “Estou com meus dedos cruzados. Essa pode ser uma grande noite para nós”. Quatro anos atrás, quando também tentou concorrer à Presidência americana, Romney perdeu as primárias de New Hampshire para o senador John McCain, que acabou escolhido e foi derrotado pelo democrata Barack Obama.

Infográfico: Os republicanos que querem o lugar de Barack Obama

O comparecimento às urnas durante a prévia ultrapassou as expectativas. Em declaração à rede americana CNN, o subsecretário de Estado David Scanlan afirmou que mais de 250.000 eleitores participaram do processo, um recorde no estado – nas últimas primárias, foram cerca de 234.000. De acordo com as pesquisas de boca de urna, em torno de 50% se declararam eleitores independentes, o que favorece os pré-candidatos Mitt Romney, Ron Paul e Jon Huntsman, considerados republicanos menos radicais.

Com a vitória de Romney em New Hampshire assegurada, resta Paul e Huntsman disputar o segundo lugar. A esperança dos dois é a margem de votos final a favor de Romney ser menor do que a prevista, freando a ascenção do ex-governador de Massachusetts. Se também derrotar seus correligionários nas próximas primárias republicanas, dia 21 de janeiro, na Carolina do Sul, ele dificilmente perderá a indicação do Partido Republicano. Até lá, os adversários terão de reverter a previsão da nova vitória de Romney no estado sulista, onde a disputa promete ser mais apertada.