Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ben Jaafar é eleito presidente da Assembleia Constituinte tunisiana

O líder do partido de esquerda Ettakatol, Mustapha Ben Jaafar, foi eleito nesta terça-feira presidente da Assembleia Constituinte tunisiana formada nas eleições de 23 de outubro, que se reuniu pela primeira vez em Túnis.

Ben Jaafar foi eleito durante uma votação secreta com 145 votos contra 68 da outra candidata Maya Jribi, líder do Partido Democrata Progressista (PDP, centro-esquerda). Houve dois votos nulos e dois deputados não compareceram.

Antes da votação, Mustapha Ben Jaafar fez um curto discurso. “Serei fiel à grande revolução tunisiana, fiel aos seus objetivos, custe o que custar. Para mim, os objetivos da revolução se resumem na ruptura com o sistema totalitário que ainda não desapareceu”, disse.

“Esta revolução nasceu do desemprego, das disparidades regionais, da pobreza e da necessidade de reformas políticas (…) A Tunísia está em um momento crucial de sua história”, acrescentou.

Já Maya Jribi considerou que a primeira reunião da Assembleia Constituinte representa um “dia histórico” para a Tunísia.

“Minha candidatura é uma mensagem para vocês, eleitos do povo, e ao povo tunisiano para dizer que o tempo da candidatura única acabou definitivamente”, declarou ela antes da votação.

Os três partidos vencedores da eleição de 23 de outubro, os islamitas do Ennahda, e os dois partidos de esquerda CPR e Ettakatol, chegaram a um acordo sobre a divisão do poder antes da primeira reunião da Assembleia.

Além de Ben Jaafar na Presidência da Constituinte, Moncef Marzouki, líder do CPR, deve chegar à Presidência da República, e Hamadi Jebali, número 2 do Ennahda, foi convocado a dirigir o próximo governo.