Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bélgica prende dois suspeitos de envolvimento nos atentados de Paris

Duas pessoas foram detidas em Molenbeek, subúrbio de Bruxelas, em operações realizadas na quarta e nesta quinta-feira dentro da investigação dos atentados de Paris de 13 de novembro, anunciou a procuradoria belga. Um dos detidos é de nacionalidade belga, nascido em 1986, e o outro é marroquino, nascido em 1981. O cidadão belga foi identificado por autoridades apenas como Zakaria J, enquanto o marroquino como Mustafa E.

A investigação na Bélgica sobre os atentados de Paris, que deixaram 130 mortos e centenas de feridos, permitiu desmantelar uma parte da organização que ajudou um dos participantes, Salah Abdeslam, a regressar a Bruxelas no dia seguinte ao massacre e desaparecer. Também permitiu descobrir três apartamentos utilizados para preparar os ataques.

Leia também

Mãe de vítima de ataques de Paris quer processar Bélgica

Marrocos prende cidadão belga ligado a ataques de Paris

Polícia belga encontra colete, explosivos e digital de Abdeslam

Desde os atentados, dez pessoas foram indiciadas na Bélgica. Nove permanecem presas. Quatro pessoas são alvo de uma ordem de prisão, entre eles Salah Abdeslam, considerado atualmente o terrorista mais procurado mundo, e Mohamed Abrini.

(Da redação)