Atentados suicidas deixam oito mortos em Bagdá

Também foi registrado um ataque na cidade sagrada de Samarra

Pelo menos oito pessoas, entre elas três policiais, morreram e outras 35 ficaram feridas em dois atentados suicidas registrados nesta quinta-feira em Bagdá, no Iraque.

No primeiro e mais brutal dos ataques, um carro-bomba explodiu perto de um posto de controle da polícia na região de Al Yusufia, no sul da capital, e causou a morte de três agentes e dois civis, além de deixar 25 pessoas feridas, informou uma fonte da polícia iraquiana.

Três pessoas perderam a vida e dez ficaram feridas no segundo atentado. Um homem detonou um cinto de explosivos no bairro de Al-Yamea, no oeste de Bagdá.

Na cidade sagrada de Samarra, que fica pouco mais de 100 quilômetros ao norte de Bagdá, carros-bombas explodiram em três postos de controle, deixando três mortos e mais de quarenta feridos.

No dia 1º de janeiro, o governo iraquiano informou que mais de 15.000 pessoas morreram e 22.000 ficaram feridas em ataques terroristas no ano passado.

(Com agências EFE e Reuters)