Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atentado suicida mata 13 no Iêmen

Um terrorista avançou nesta sexta-feira com o carro repleto de explosivos contra uma posição dos rebeldes zaiditas (um braço do xiismo) na província de Jawf, norte do Iêmen, e matou 13 pessoas, informaram fontes tribais.

“Treze pessoas morreram em um atentado suicida cometido contra um posto controlado pelos huthis em Jawf”, afirmou um líder tribal.

Entre as vítimas fatais estavam quatro pedestres, uma mulher e três crianças.

Testemunhas confirmaram que o carro-bomba bateu em uma escola de Hazm, que os rebeldes transformaram em base para a milícia.

“A entrada da escola ficou completamente destruída”, declarou à AFP o líder tribal, que pediu anonimato.

Desde o fim de 2011, os confrontos sectários entre os rebeldes zaiditas, um braço do xiismo, e os sunitas salafistas que tentam assumir o controle de cidades do norte do país deixaram centenas de mortos.

As montanhas do norte do Iêmen são um reduto dos zaiditas, também conhecidos como “huthis”, que desde 2004 travaram seis guerras contra as forças do governo central até que assinaram uma trégua em fevereiro de 2010. O conflito provocou milhares de vidas.