Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque em boate do Cairo deixa 16 mortos

Autoridades do Egito afirmam que não se trata de ato terrorista, mas sim de uma vingança por brigas entre funcionários

Um ataque com bombas a uma boate do Cairo, no Egito, deixou ao menos dezesseis mortos e três feridos na manhã desta sexta-feira. Segundo a polícia local, a explosão aconteceu no bairro de Agouza, região central da cidade, e provocou um incêndio que destruiu o estabelecimento, que também funciona como restaurante e fica no subsolo de um edifício.

Segundo o Ministério do Interior do Egito, o ataque foi um ato de vingança por disputas entre os empregados do restaurante Al Sayad, localizado em uma rua próxima ao rio Nilo. Autoridades do Cairo já haviam afirmado anteriormente que o caso se trata de um “fato criminoso” ocasionado por brigas, e não um atentado terrorista.

Leia também:

Explosão de carro-bomba deixa 29 feridos no Cairo

EI assume atentado contra consulado italiano no Cairo

Segundo a agência de notícias egípcia Mena, as bombas foram lançadas contra o estabelecimento às 7 horas locais (3 horas em Brasília) por duas ou três pessoas que estavam em uma moto. Os suspeitos teriam fugido em seguida, mas as autoridades de segurança já identificaram os envolvidos e fazem buscas na cidade para prendê-los. Os prédios próximos ao local não foram afetados pelo incêndio.

(Da redação)