Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque de foguete mata comandante do CNT em Bani Walid

Jadak permaneceu preso por 18 anos por ter protestado contra Kadafi em 1993

Um dos principais comandantes das forças do novo regime líbio em Bani Walid morreu em um ataque com foguete na noite de terça-feira nesta localidade, informou o Conselho Nacional de Transição (CNT). “Dau al-Salihin Jadak morreu em Bani Walid quando seguia para a área dos combates”, declarou Abdalah Kenshil.

Natural de Bani Walid, 170 quilômetros ao sudeste de Trípoli, Dau al-Salihin Jadak permaneceu preso por 18 anos por ter participado em uma revolta contra Muamar Kadafi em 1993. Ele foi libertado em fevereiro, após a rebelião contra Kadafi – que é suspeito de estar atualmente escondido no oeste da Líbia, perto da fronteira com a Argélia, sob a proteção de membros da tribo Touareg.

Combatentes antikadafistas pediram a intervenção da Otan nesta quarta-feira, depois que foram alvos de disparos de foguetes das forças leais a Kadafi em Bani Walid.

(Com agência France-Presse)