Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Amazon vai dividir prédio em Seattle com abrigo para sem-teto

A empresa destinará aproximadamente metade do edifício para o albergue, que poderá abrigar até 65 famílias

A empresa de comércio eletrônico Amazon abrirá um abrigo para sem-teto em um de seus novos edifícios em Seattle, nos Estados Unidos. O local fornecerá asilo temporário para até 65 famílias, até que possam encontrar moradia permanente.

O local onde o novo prédio será construído era, na verdade, um hotel velho no centro da cidade que a Amazon comprou com a intenção de substituir por mais um de seus escritórios. Mas, no ano passado, a empresa cedeu o espaço, que ainda não estava sendo utilizado, para a instalação de um abrigo destinado a moradores de rua.

Quando a multinacional decidiu derrubar o prédio, já era esperado que o albergue fosse fechado e seus moradores expulsos do local. Porém, a Amazon surpreendeu ao anunciar que pretende dividir o novo edifício com o abrigo e seus habitantes.

A empresa destinará aproximadamente metade do edifício de seis andares para o abrigo, fornecendo aproximadamente 430 metros quadrados para a instalação de quartos privados que podem abrigar até 65 famílias, ou cerca de 220 pessoas e seus animais de estimação. O albergue, que que deverá ser inaugurada no início de 2020, terá sua própria entrada e elevadores.

Segundo John Schoettler, vice-presidente imobiliário da Amazon, a empresa pretende gastar “dezena de milhões de dólares” no design e construção do abrigo. A empresa também prometeu arcar com os gastos básicos do local, como água e luz, e garantiu que não pretende cobrar aluguel.