Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Al Qaeda no Iraque promete apoio a Zawahiri e faz ameaça

É a 1ª franquia a declarar apoio ao homem apontado como sucessor de Osama

A filial iraquiana da rede Al Qaeda prometeu apoio ao dirigente Ayman Al Zawahiri e disse que pretende cometer atentados para vingar a morte de Osama bin Laden. Zawahiri era o número dois de bin Laden e, hoje, encabeça a lista dos terroristas mais procurados do mundo pelo FBI (polícia federal americana).

Em nota divulgada na segunda-feira em um fórum islâmico na internet, o califa do Estado Islâmico do Iraque (EII ou Al Qaeda no Iraque), Abu Baker al Baghdadi al Husseini al Qurashi, lamentou a morte de bin Laden, durante uma ação militar dos EUA no Paquistão. “Eu digo aos nossos amigos na organização Al Qaeda, e no topo, o xeque mujahid (combatente) Ayman Al Zawahiri : alegrem-se vocês têm homens leais no Estado Islâmico do Iraque, que estão seguindo o caminho correto e não vão desistir nem serem expulsos”, disse o texto.

Em outro comunicado, a Al Qaeda no Iraque assumiu a responsabilidade por um ataque contra um prédio da polícia na localidade xiita de Hilla, onde mais de 20 pessoas morreram.

A franquia é a primeira a manifestar publicamente seu apoio a Zawahiri, apontado como sucessor de bin Laden. O médico egípcio conheceu o líder da Al Qaeda na década de 1980 no Paquistão, onde ambos davam apoio aos guerrilheiros que combatiam os soviéticos no Afeganistão. Seu paradeiro atual é desconhecido.

(Com agência Reuters)