Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abraço do pai salva criança em desabamento de prédio na China

Wu Ningxi, de 3 anos, foi retirada com vida dos escombros dos prédios que desabaram em Wenzhou, na China

Uma menina de 3 anos foi encontrada com vida nesta terça-feira nos escombros dos prédios residenciais que desabaram na cidade de Wenzhou, no leste da China. Wu Ningxi foi a última ser resgatada e só resistiu ao acidente porque o corpo de seu pai, que a abraçou, serviu como escudo. O homem está entre os 22 mortos no desastre, de acordo com a emissora estatal CCTV.

“A criança só conseguiu sobreviver porque seu pai usou seu corpo para criar um espaço que salvou a vida da filha”, disse um bombeiro ao jornal China Youth Daily. O operário de 26 anos e a menina estavam na sala de casa no momento do desabamento. O corpo da mãe da criança também foi encontrado próximo a eles.

Leia também:
Edifício na China tem o elevador mais rápido do mundo
Chinês mata 17 vizinhos para acobertar assassinato dos pais
EUA pune chineses por ajuda a programa nuclear da Coreia do Norte

De acordo com a emissora estatal CCTV, Wu Ningxi teve apenas ferimentos leves e ficou 15 horas sob as ruínas até ser encontrada pelos serviços de emergência. Além da menina, outras cinco pessoas sobreviveram ao acidente, que aconteceu às 4h locais de segunda-feira (17h de domingo, em Brasília).

A causa do colapso de quatro prédios de seis andares no distrito industrial de Wenzhou ainda está sob investigação. Reportagens locais afirmam que os edifícios foram construídos na década de 1970 por fazendeiros e já estavam em um estado deplorável. Novos andares foram acrescentados com o passar dos anos, enfraquecendo a estrutura.