Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

4 em 10 eleitores podem mudar de voto após Obama defender casamento gay

Pesquisa revela que 26% diz que chances de votar do democrata diminuíram

Para 40% dos eleitores americanos o apoio ao casamento homossexual do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pode afetar sua intenção de voto nas eleições presidenciais de novembro, segundo uma pesquisa do instituto Gallup divulgada nesta sexta-feira.

Para 13% a declaração de Obama, feita nesta quarta-feira, aumenta as chances do eleitor escolher o democrata, enquanto para 26% a opinião de Obama diminui a possibilidade do se votar no atual presidente.

Pesquisas afirmam que o casamento homossexual divide o país: 51% aprova e 45% é contra. O anúncio de Obama agradou especialmente os democratas. De acordo com a pesquisa, 24% dos eleitores que se define como democrata está mais convencido agora a votar no atual presidente nas eleições de novembro, enquanto para 65% a postura de Obama não modificou sua opinião.

Leia também:

Leia também: Obama e Clooney jogam partida de basquete após evento

Independentes – Entre os independentes, a possibilidade de votar em Obama se mantém em 63%, mas sua declaração não agradou 23% dos entrevistados que não se alinham com nenhum dos dois grandes partidos.

Apenas 2% dos republicanos declaram que as chances de votar em Obama aumentaram após sua declaração, enquanto 52% afirmou que seu anúncio o distancia ainda mais do candidato conservador.

A enquete, realizada nesta quinta-feira, entrevistou 1.013 eleitores de todos os estados do país e tem uma margem de erro de quatro pontos percentuais.

(Com agência EFE)