O novo desafio da equipe econômica de Dilma: resgatar a credibilidade

O Palácio do Planalto confirmou Joaquim Levy como ministro da Fazenda e Nelson Barbosa na pasta do Planejamento. No Banco Central, Alexandre Tombini continua no cargo. Em discurso, eles afirmaram que a meta é fazer tudo diferente do que fez o antecessor Guido Mantega. Resta saber se a presidente Dilma dará aval.

Por veja.com - Atualizado em