Na refinaria Abreu e Lima sobra dinheiro para corrupção

Um grupo de seis mil operários da refinaria Abreu e Lima não recebe seus salários há três semanas porque a Petrobras deixou de fazer o repasse para as empresas, a acusação é do presidente da Força Sindical Miguel Torres. O calote começou depois das denúncias do Petrolão.

Por veja.com - Atualizado em