O massacre do Carandiru

Em dois de outubro de 1992, a Polícia Militar de São Paulo invadiu a Casa de Detenção do Carandiru para conter uma rebelião. Em meia hora, 111 presos foram mortos. A seguir, as cenas da chacina:

Por VEJA - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Gostou dessa galeria? Talvez goste dessas outras.

    Compartilhe essa galeria:

  • Veja todas as imagens da galeria:

TAGs:
Crime