Wesley garante que voltará ‘mais forte’ ao Palmeiras

Por AE

São Paulo – Dois dias depois da grave contusão sofrida, o volante Wesley já pensa no retorno ao futebol. O jogador do Palmeiras, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito na derrota por 3 a 1 para o Guarani, no domingo, ficará de seis a oito meses parado. Mesmo com a longa recuperação pela frente, ele demonstrou otimismo e garantiu que voltará mais forte aos gramados.

“Nada nessa vida é por acaso e tenho certeza que será uma lição para que eu volte ainda mais forte. Tudo isso serviu também para eu saber o quanto sou querido, já que muitas pessoas entraram em contato, me dando força e passando mensagens positivas. Só tenho a agradecer aos meus companheiros e a torcida do Palmeiras”, declarou.

Wesley será operado na semana que vem e, depois do período de internação, iniciará a fisioterapia. Ele apontou a necessidade de se esforçar na recuperação para diminuir ao máximo o tempo de afastamento. “Isso tudo servirá para amadurecer. Agora, vou focar na cirurgia e depois me dedicar à recuperação para voltar o quanto antes aos trabalhos”, comentou.

A lesão do volante foi muito lamentada no Palmeiras, que passou por uma verdadeira batalha para contratá-lo. Depois de acertar os termos com o jogador, o clube paulista passou a ir atrás de investidores para tirá-lo do Werder Bremen, que detinha seus direitos. A diretoria chegou a contratar uma empresa que arrecadaria doações de torcedores, mas a estratégia não deu certo.

Depois de mais de um mês treinando no clube, finalmente o acordo foi finalizado, no fim de março, com a ajuda de empresários. Desde então, Wesley participou de apenas quatro jogos com a camisa palmeirense.